Skip to main content

Navegação

Login do usuário

Polícia Militar leva projeto “Tosco em Ação” para escolas estaduais da Capital

agosto 5, 2011

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul deu início nesta quinta-feira (4) e sexta-feira (5) ao novo projeto de atuação preventiva junto aos jovens estudantes da Capital. O projeto "Tosco em Ação" levará até as salas de aula, orientações a fim de promover debates abertos sobre violência, drogas, bullying, relacionamento familiar e juventude. O projeto está sendo desenvolvido pioneiramente nas escolas estaduais Lino Vilachá, Marçal de Souza e Joaquim Murtinho, com alunos da 6ª e 7ª séries do ensino fundamental.

O nome “tosco” é referente a um livro, publicado por Gilberto Mattje, que narra à história de um jovem comum, que se empenha em viver, superando todo tipo de preconceito e situações. A obra literária reflete sobre a condução da própria vida do adolescente, faz uma leitura de algumas razões afetivas envolvendo em seus comportamentos e atitudes. O caráter educativo da obra desmistifica a origem da violência e a retrata como acontece na sociedade, isso proporciona ao leitor uma reflexão sobre as possibilidades de escolha e a importância em assumir as conseqüências pelas opções.

O livro já foi adotado pela Rede Municipal de Ensino (Reme) e se configura como um sucesso entre os alunos. O foco do projeto é contribuir com a diminuição do índice de violência e bullying entre os alunos, fazendo com que a comunidade escolar se auto-identifique, promovendo uma mudança de comportamento.

O Projeto

Os policiais desenvolvem a conversação dentro da sala de aula, utilizando o livro como principal material didático. O objetivo é que os adolescentes se identifiquem e  interajam com a história. Para a realização do projeto, a Polícia Militar fez parceria com a Editora Alvorada e com a Secretaria de Estado de Educação (SED), sendo adquiridos  500 exemplares do livro "Tosco" para os alunos. Os policiais também participaram de uma capacitação para desenvolverem a ação nas escolas. De início, o orojeto "Tosco em Ação" pretende alcançar 15 turmas, entre a 6ª e 9ª série do ensino fundamental.

O caráter educativo do material desmistifica a origem da violência e a retrata como acontece na sociedade, isso proporciona ao leitor uma reflexão sobre as possibilidades de escolha e a importância em assumir as conseqüências pelas opções. O livro é uma boa orientação aos pais, professores, psicólogos e assistências sociais, por facilita a compreensão do comportamento dos adolescentes.

Além do livro, entre o material utilizado para o desenvolvimento do projeto está o manual “Compreendendo Tosco”, que auxilia os educadores e demais profissionais nas atividades de interação e reflexão com os adolescentes. O manual oferece conteúdos sobre o funcionamento dos adolescentes, compreensão das razões da agressividade e sugestões de atividades com o livro Tosco.

Segundo o escritor e autor Gilberto Mattje, o livro Tosco é um livro paradidático, escrito para servir de instrumento didático-pedagogico no enfrentamento de diversas situações e diferentes formas de violência manifestada nas escolas. “O objetivo é atingido paulatinamente dentro de um processo. Penso que cada aluno que lê o livro e consegue se vê num dos personagens, mesmo que minimamente, assim o objetivo é alcançado. Houve uma redução de danos e temos depoimentos maravilhosos, então já valeu a pena ter escrito”, ressaltou o autor em uma entrevista para divulgação do livro.

Sejusp